Buscar
  • MarchaPelosOceanos

Reflexão + Conscientização = um Oceano bom pra peixe

Por Ana Helena Bevilacqua | Coordenadora de Pesca da Fiperj


Todos nós utilizamos materiais plásticos no nosso dia a dia. Na verdade, o plástico está presente quase que integralmente no cotidiano da população mundial, seja na hora de tomar um cafezinho (naquele copinho de plástico da empresa) ou ao carregar suas compras para casa.


É difícil de acreditar, mas esse material aparentemente inofensivo pode causar tantos danos ao meio ambiente. Isso porque um simples canudo plástico, por exemplo, pode demorar milhares de anos para se decompor naturalmente, o que torna o material um dos grandes problemas da poluição, principalmente dos oceanos.


De acordo com um estudo internacional, atualmente cerca de 25 milhões de toneladas de plástico vão parar nos ambientes marinhos, o que corresponde a cerca de 60% a 80% de todo lixo encontrado no mar. Este material acaba sendo ingerido pelos animais, causando contaminação e mortandade de mamíferos, aves, tartarugas, peixes e invertebrados.


O problema também causa desequilíbrio no ecossistema marinho, do qual a pesca depende para condições adequadas de reprodução, crescimento e desenvolvimento da fauna.


Brent Stirton / WWF-UK

A FIPERJ tem como missão a promoção do desenvolvimento sustentável da pesca e da aquicultura fluminense, ao gerar e difundir informações e tecnologias, articulando e consolidando políticas públicas para o setor em benefício da sociedade. Acreditamos que a reflexão e conscientização da importância da preservação e conservação dos ecossistemas marinhos possam garantir alimento saudável, mas também proporcionar os meios de vida e de sobrevivência de inúmeras comunidades costeiras que dependem da pesca.


Quer saber mais? Então acesse www.fiperj.rj.gov.br e participe da #MarchaPelosOceanos


Fontes: Estadão

51 visualizações